Calendário de vacinação Rio de Janeiro 2020 – Informações para o Ano

As vacinas são a forma mais eficaz de prevenir inúmeras doenças, por isso o Ministério da Saúde elaborou um calendário de vacinação Rio de Janeiro 2020 para que todos os moradores da cidade maravilhosa possam se imunizar.

Além das campanhas de vacinação estipuladas todos os anos, existem as vacinas que devem ser tomadas conforme as faixas etárias. É justamente sobre isso que vamos falar a seguir, confira!

Calendário de vacinação Rio de Janeiro 2020 – Quais são as principais vacinas?

Calendário de vacinação Rio de Janeiro 2020

As campanhas de vacinação geralmente são de nível nacional, então basta ficar atento aos canais de comunicação que as datas são divulgadas anualmente, em especial em se tratando da vacina da gripe.

Agora, para vacinas rotineiras não é necessário divulgação, pois elas não tem data de início e término, mas sim conforme a faixa etária das pessoas.

Para não perder o”tempo” certo da vacina, é fundamental consultar a caderneta de vacinação e não esquecer de comparecer ao posto de saúde mais próximo para avaliar se você já está com as doses em dia.

Com relação ao calendário de vacinação Rio de Janeiro 2020, os governantes criaram um site que abriga todas essas informações para a população, se chama Rio Saúde. Nele, se aponta as doses vacinais obrigatórias nas seguintes categorias:

Crianças – 0 aos 4 anos de idade

☑️ BCG,

☑️ VHB,

☑️ DPT-Hib,

☑️ Febre amarela,

☑️ DPT,

☑️ Tríplice viral,

☑️ ROTA Vírus,

☑️ dT,

☑️ Vip,

☑️ Varicela,

☑️ Hepatite.

Mês a mês as crianças devem ser acompanhadas, pois as doses das vacinas são distribuídas ao longo desse tempo.

Adolescentes

☑️ HPV,

☑️ Hepatite B,

☑️ Dupla Adulto dT,

☑️ dTpa,

☑️ Tríplice viral,

☑️ Meningocócica conjugada.

Adultos

☑️ Hepatite B,

☑️ Tríplice adulto,

☑️ dTpa,

☑️ Influenza – dose anual.

Essas informações foram retiradas do site Rio com Saúde. Leia o conteúdo completo da página para se manter informado (a).

Quais são os grupos prioritários?

Vacinação RJ 2020

Durante as campanhas de vacinação, os grupos prioritários são os primeiros a tomar a vacina – anualmente presenciamos isso com  a vacina contra a gripe. Saiba quem tem esse direito!

📌 Crianças de 0 a 5 anos de idade,

📌 Idosos,

📌 Gestantes,

📌 Pessoas privadas de liberdade do sistema prisional,

📌 Funcionários do sistema prisional,

📌 Professores da rede pública e privada,

📌 Trabalhadores da área da saúde,

📌 Mulheres que tiveram filhos 45 dias antes da campanha de vacinação,

📌 Portadores de doenças crônicas não transmissíveis (diabetes, pressão alta, obesidade e etc.),

📌 Pacientes especiais, como os transplantados, portadores de AIDS e outras condições graves que afetam o sistema imunológico.

Com relação aos portadores de doenças contagiosas, é importante consultar a viabilidade da vacina com um médico.

Quem não deve se vacinar?

É importante salientar que pessoas transplantadas ou portadoras de doenças contagiosas não pode tomar alguns tipos de vacinas, sobretudo aquelas produzidas com bactérias e vírus.

Para se certificar sobre a segurança da vacina nesses casos específicos, é importante se dirigir nos CRIEs – Centros de Referência de Imunobiológicos Especiais. Neles, existem profissionais preparados para atender pacientes que necessitem de uma conduta diferenciada.

Mulheres grávidas e lactantes não podem se vacinar caso a mesma seja feita com vírus e bactérias.

Outro foco de atenção vai para as pessoas alérgicas a algum componente da vacina, elas também não devem receber nenhuma dose.

Documentos que devem ser levados ao posto de saúde

Todo o cidadão brasileiro pode tomar as vacinas disponibilizadas nos postos de vacinação, salvo aquelas que são oferecidas em campanhas de vacinação somente para o grupo prioritário.

Os documentos que devem ser levados são:

  • Documento de identificação com foto,
  • Caderneta de vacinação,
  • Carteira do SUS,
  • Receita Médica, caso a pessoa tiver alguma doença crônica.

Datas e locais da vacinação

As vacinas dadas em campanhas de vacinação como a da gripe possuem períodos específicos e esses são divulgados em canais de comunicação.

No entanto, as demais que devem ser tomadas ao longo da vida não, por isso basta comparecer em uma unidade de vacinação portando a carteira de vacinação e realizar a imunização.

Existem muitos postos de vacinação no Rio de Janeiro, afinal a cidade tem mais de 6 milhões de habitantes.

Por isso, a prefeitura disponibiliza uma lista em PDF para que a população tenha conhecimento de todas as unidades de saúde.

Patrícia Fischer

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content