Campanha de Vacinação Campo Grande 2020 – Datas e Grupos Prioritários

O Brasil criou o Programa Nacional de Imunizações (PNI) com o objetivo de sistematizar o sistema de aplicação de vacinas e aumentar a proteção da população contra diversas doenças. Esse programa se baseia no risco, na vulnerabilidade e nas especificidades sociais (idade e grupo de risco) para definir as doenças que serão combatidas com a vacinação, o número de doses e o grupo de risco que deve ser imunizado.

Assim, o calendário possui orientações específicas para todas as faixas etárias e grupos sociais. Esse calendário é regulamentado pela Portaria ministerial nº 1.498, de 19 de julho de 2013, no âmbito do PNI. Além das vacinas que constam no calendário nacional, a Secretária de Saúde realiza campanhas de vacinações específicas para outras doenças que costumam ser mais frequentes em certas épocas do ano ou para surtos de novas doenças. Manter a caderneta de vacinação atualizada é uma maneira de proteger você e sua família. Confira abaixo a Campanha de Vacinação de Campo Grande em 2020.

Como funciona?

O calendário de vacinação determina:

  • Os tipos de vacina que serão contempladas;
  • O número de doses do esquema básico e as doses de reforço;
  • A idade para a administração de cada dose;
  • O intervalo entre as doses.

Grupos prioritários da vacinação Campo Grande 2020

Os grupos prioritários para serem imunizados são as pessoas que possuem o sistema imunológico mais fraco. Na maioria dos casos, as vacinas do Calendário Nacional de Vacinação abrange crianças menores de 10 anos de idade, adultos acima de 60 anos e mulheres grávidas. Além disso, pessoas que trabalham na área da saúde e educação, indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, e os presos também devem ser imunizados com prioridade.

Quem não deve tomar?

Para saber os grupos que não devem ser imunizados é necessário conferir com os médicos e enfermeiros que realizam a aplicação. Em geral, pessoas que apresentam alergias a algum componente da vacina ou que desenvolveram a doença após a aplicação da primeira dose não devem ser vacinadas.

Principais vacinas ofertadas por temporada

As vacinas que pertencem ao Calendário Nacional de Vacinação acontecem durante todo o ano. No entanto, algumas doenças ocorrem em temporadas e, por isso, as UBS realizam as campanhas para a vacinação específicas, como é o caso da gripe, que sempre ocorre entre os meses de junho e julho.

Documentação necessária

A documentação que deve ser levada no dia da imunização depende do grupo ao qual você pertence. Apenas o cartão de vacinação e um documento oficial de identificação com foto é obrigatório para todas as pessoas.

Se o cidadão não possuir o cartão de vacinação, basta solicitar um “cartão espelho” na UBS mais próxima de sua residência. Esse documento contém os registros de vacinas aplicadas até a data.

  • Pessoas que são portadoras de doenças crônicas ou de outras condições clínicas especiais devem levar a prescrição médica com a justificativa para receber a vacina. Se o paciente for cadastrado no programa de controle das doenças crônicas do SUS, ele pode receber a dose sem necessidade da apresentação desse documento, desde que esteja no posto onde realizou o cadastro;
  • Mulheres que estão no período pós-parto (puérperas) devem apresentar o comprovante da gestação (e.g. certidão de nascimento do filho, cartão da gestante ou documento do hospital onde o parto foi realizado);
  • Pessoas com mais de 60 anos devem levar o documento oficial com foto;
  • Profissionais que atuam na área da educação e saúde podem apresentar somente o crachá ou contracheque.

Datas e locais da vacinação Campo Grande 2020

Em Campo Grande, as vacinas são administradas nas unidades básicas de saúde (UBS) e de saúde da família (UBSF) de segunda a sexta-feira. No entanto, cada posto possui um dia e horário específico para algumas vacinas. Por isso, consulte a UBS mais próxima sobre as vacinas que devem ser aplicadas.

Aos sábados, domingos e feriados apenas quatro unidades de Campo Grande oferecem as doses: CRS Aero Rancho, Nova Bahia, Tiradentes e Cophavilla II, em esquema de plantão.

Nas UBS, os calendários vacinais devem ser dispostos em locais de fácil visualização e a consulta deve ser disponível para todos.

Caso o prazo para vacinação tenha sido perdido, é importante voltar à unidade de saúde para atualizar as vacinas em crianças menores de 10 anos.

Gilmar Penter

Fotógrafo, ator e comunicador. Gil é apaixonado pelas artes e pela aventura que é a vida. Nas palavras, vê uma chance de mudar o mundo, mesmo que para isso tenha que vir até ele, afinal, passa muito mais tempo no mundo da lua.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content