• Vacina da Poliomielite Brasília 2020 – Quando e onde tomar

    Em 2019, o Afeganistão, Paquistão e Filipinas registraram casos de sarampo e poliomielite. Mesmo sem surtos dessas doenças por anos, o Brasil decretou estado de alerta para que campanhas de vacinação contra essas duas doenças fossem realizadas.  O Ministério da Saúde do Brasil disponibiliza vacinas contra o sarampo e a pólio de forma gratuita.

    Como não há cura contra a poliomielite, a vacinação é a melhor forma de controle da doença. A vacinação ajuda a proteger a pessoa e também sua família. Por isso, é fundamental que as famílias brasileiras fiquem atentas as campanhas de vacinação. Confira abaixo como funciona a vacina da Poliomielite em Brasília em 2020.

    Como Funciona

    As vacinas contra a Poliomielite existem sob duas formas, a Vacina Oral e a Vacina Inativada:

     

    • Vacina Oral Poliomielite (VOP): é também chamada de vacina atenuada bivalente. Ela é produzida com vírus da pólio tipos 1 e 3, vivos, porém em estado “enfraquecido”.
    • Vacina Inativada Poliomielite (VIP): é também chamada de vacina trivalente injetável. Essa vacina não possui risco de causar a doença, pois o vírus está inativado. Ela é composta por partículas dos vírus da pólio tipos 1, 2 e 3.

    Doses

    As doses das vacinas contra a pólio dependem do tipo utilizado na imunização:

    VIP (intramuscular)

    • 2 meses
    • 4 meses
    • 6 meses
    • 15 meses
    • 18 meses
    • 5 anos

    VOP (oral)

    • 15 meses
    • 4 anos

    Grupos Prioritários

    Crianças recém-nascidas até os 5 anos de idade compõe o grupo prioritário para receber a imunização contra a poliomielite.

    Quem não deve tomar

    Assim como as doses mudam de acordo com o tipo de vacina, o grupo que deve evitar receber sua aplicação também depende do tipo de vacina contra a pólio utilizada:

    Vacina do tipo VOP deve ser evitada por:

    • Mulheres grávidas e pessoas do círculo social delas;
    • Pessoas que sofreram alergia grave após o contato com algum dos componentes da vacina (principalmente com os antibióticos neomicina, polimixina e estreptomicina);
    • Pessoas que desenvolveram pólio vacinal após a última dose.

    A vacina do tipo VIP deve ser evitada por:

    • Pessoas com histórico de reação alérgica grave à dose anterior da vacina ou a algum de seus componentes.

    Documentos necessários 

    É essencial estar portando a carteira de vacinação no dia da vacina. Além disso, os pais ou responsáveis devem levar a certidão de nascimento, ou documento de identidade da criança.

    Onde tomar?

    Brasília ainda não divulgou as datas e locais das campanhas contra a poliomielite para 2020. Confira o calendário de vacinação de Brasília para conferir onde e quando tomar as vacinas.

    Histórico da Poliomelite no Brasil

    Entre 1968 e 1980 o Brasil sofreu com o surto da poliomielite, com mais de 26 mil casos registrados. A fim de controlar a doença, o Ministério da Saúde organizou grandes campanhas ao nível nacional. O último caso confirmado da doença foi em 1989.

    No entanto, após a divulgação de casos da doença em outros países e com o aumento no número de pessoas viajando para fora do país, podemos presumir que os casos da doença possam surgir no Brasil. Afim de controlar novos surtos e proteger a população, é essencial que as pessoas mantenham as doses da vacina em dia.

    poliomelite

    Vacina Oral ou Injetável

    vacinação oral Em 2011, a vacina oral foi substituída pela vacina injetável no Brasil, que é considerada mais segura e com menor risco de causar efeitos colaterais. No entanto, com mais de 300 municípios que possuem baixo nível de imunização contra a doença no país e que possuem saneamento básico precário, a vacinação oral pode ser uma alternativa para realizar uma imunização extra nos locais. Isso porque, a vacinação oral pode gerar a chamada “proteção rebanho”, onde parte da imunização é liberada nas fezes das crianças e parte do vírus atenuado se espalha no ambiente.

    No entanto, ainda não há um consenso entre os especialistas sobre qual é o melhor tipo de imunização para ser empregado no Brasil nos próximos anos. Independentemente do tipo de vacina escolhido, é de responsabilidade dos pais ou dos responsáveis legais pela criança garantir que ela receba todas as doses na idade correta para garantir a proteção efetiva.

  • Vacina da Influenza Manaus 2020 – Calendário e Quem pode tomar

    A vacina da influenza, também é conhecida como a vacina da gripe. É uma campanha  realizada anualmente e, em 2020 será feita a 22ª Edição da vacina da influenza Manaus. Essa é uma das iniciativas do Ministério da Saúde com o intuito de diminuir os riscos de epidemia, evitando que a gripe ataque pessoas consideradas […]

    VEJA +
  • Vacina da Influenza Belo Horizonte 2020 – Calendário e Quem pode tomar

    A Influenza, popularmente conhecida como gripe, é uma doença infecciosa capaz de se espalhar com facilidade e provocar sintomas como dores pelo corpo, tosse, espirro, cansaço, entre outros. Em casos graves, pode levar ao óbito. Para combater a doença no município de Belo Horizonte, a prefeitura realiza anualmente uma campanha de vacinação contra Influenza. Confira, […]

    VEJA +
  • Vacina contra a Febre Amarela Recife 2020 – O que é? Eu preciso tomar?

    A febre amarela é uma doença já conhecida e estudada no Brasil. O vírus que causa a doença se propaga no corpo dos mosquitos de mata quente que são endêmicos na nossa fauna.  Graças a isso, a vacinação contra a doença se torna indispensável para a população de áreas de risco onde normalmente acontecem tipos […]

    VEJA +
  • Vacina da Febre Amarela em Porto Alegre 2020 – Datas, Local e Quem deve tomar

    A vacina contra a febre amarela é a única forma de imunização contra a febre amarela. Embora a doença não esteja ativa em Porto Alegre, toda a região do Rio Grande do Sul faz parte da área de recomendação da vacinação contra a febre amarela, uma vez que algumas regiões ao redor e próximas ao […]

    VEJA +
  • Vacina da Febre Amarela em Manaus 2020 – Datas, Local e Quem deve tomar

    Já faz mais de dez anos que os amazonenses não sofrem com surto de febre amarela, mas por causa do registro de surtos em outras regiões do Brasil, Manaus está em alerta. Por isso, muitos moradores estão indo ao posto de saúde com o objetivo de tomar a vacina. O secretário municipal de saúde tenta […]

    VEJA +
  • Vacina da Febre Amarela em Guarulhos 2020 – Datas, Local e Quem deve tomar

    A vacina da febre amarela Guarulhos 2020 é a principal forma de imunização contra essa doença. A vacinação é recomendada para uma grande área do Brasil, por isso é importante que você saiba como tudo funciona. Veja aqui informações sobre a vacina da febre amarela Guarulhos 2020 para começar a se programar. Como funciona a […]

    VEJA +
  • Vacina da Febre Amarela Goiânia 2020 – Datas, Locais e Grupo prioritário

    A febre amarela é uma doença causa por um vírus. É altamente infecciosa por ser transmitida pela picada de mosquitos infectados, não sendo transmitida de uma pessoa para a outra. A pessoa com a doença sente febre alta com calafrios, dores nas costas, no corpo, fraqueza, dor de cabeça, vômito e outros sintomas. É uma […]

    VEJA +
  • Vacina da Febre Amarela Curitiba 2020 –  Como funciona, Datas, Locais e Quem deve tomar

    A Febre Amarela é uma doença grave causada por um vírus e transmitida por meio de picadas de mosquitos. Sendo uma doença aguda, ou seja, de curso rápido, podendo ser fatal ou não, a febre amarela deve ser prevenida. O processo mais eficaz e aconselhável para a proteção contra a doença é a vacinação. Dessa […]

    VEJA +
  • Vacina da Febre Amarela em Campinas 2020 – Datas, Locais e Quem deve tomar

    A febre amarela é uma doença viral que acontece por meio da transmissão por mosquitos infectados. A pessoa doente pode sentir febre, dores musculares (foco na dor lombar), dores de cabeça, perda de apetite, náuseas ou vômitos. A forma de prevenção mais comum para esse tipo de doença é por meio de vacinação – uma […]

    VEJA +
WebGo Content