• Calendário de vacinação Santo André 2020 – Tipos, Indicações e Locais

    Estar com a carteira de vacinação em dia é essencial, uma vez que a vacina é a única maneira de se prevenir uma série de doenças, a maior parte delas gravíssimas.

    Se você é de Santo André, São Paulo, e deseja saber mais a respeito do calendário de vacinação neste ano de 2020, tire todas as suas dúvidas neste guia completo que preparamos para você.

    Calendário Nacional de Vacinação

    Calendário de vacinaçãoAnualmente, o Ministério da Educação, seguindo as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), prepara o Calendário Nacional de Vacinação, informando que vacinas devem ser tomadas e em que faixa etária tomá-las.

    Embora não especifique a data em que você deverá tomar cada vacina, o Calendário Nacional de Vacinação é um documento que você tem que sempre manter por perto, a fim de saber se você já está corretamente vacinado.

    Segundo o Calendário Nacional de Vacinação, as seguintes vacinas devem ser tomadas, nas seguintes faixas etárias:

    Ao nascer: vacina contra BCG e primeira dose contra Hepatite B,

    Aos 2 meses: primeiras doses da Penta/DTP, VIP/VOP, Pneumocócica e Rotavírus Humano,

    Aos 3 meses: primeira dose contra Meningocócica C,

    Aos 4 meses: segundas doses da Penta/DTP, VIP/VOP, Pneumocócica e Rotavírus Humano,

    Aos 5 meses: segunda dose contra Meningocócica C,

    Aos 6 meses: terceiras doses da Penta/DTP e VIP/VOP; além disso, uma ou duas doses anuais contra a Influenza (gripe),

    Aos 9 meses: dose única contra a Febre Amarela; além disso, uma ou duas doses anuais contra a Influenza (gripe),

    Aos 12 meses: reforços contra a Pneumocócica e a Meningocócica C e primeira dose contra a tríplice viral; além disso, uma ou duas doses anuais contra a Influenza (gripe),

    Aos 15 meses: primeiros reforços da Penta/DTP e VIP/VOP; uma dose contra a Hepatite A e a Tetra Viral; além disso, uma ou duas doses anuais contra a Influenza (gripe),

    Aos 4 anos de idade: segundos reforços da Penta/DTP; uma dose contra a Varicela; além disso, uma ou duas doses anuais contra a Influenza (gripe),

    vacina calendário 2020

    Aos 5 anos de idade: uma dose, a depender da situação vacinal anterior, com a PNM10v, contra a Pneumocócica 23V; além disso, uma ou duas doses anuais contra a Influenza (gripe),

    Aos 9 anos de idade: vacina contra HPV para meninas entre 9 e 14 anos,

    Entre 10 e 19 anos: 3 doses contra a Hepatite B, 1 reforço ou dose única contra a Meningocócica C, entre 11 e 14 anos, dose única contra a Febre Amarela, duas doses da Tríplice Viral e uma dose da pneumocócica 23V, todas a depender da situação vacinal anterior; 2 doses da HPV para meninos entre 11 e 14 anos e para meninas entre 9 e 14 anos; Dupla Adulta, com reforço a cada dez anos,

    Entre 20 e 59 anos: 3 doses contra a Hepatite B, dose única contra a Febre Amarela, 2 doses (entre 20 e 29 anos) e 1 dose (entre 30 a 49 anos) da Tríplice Viral, uma dose da Pneumocócica 23V, todas a depender da situação vacinal anterior; Dupla Adulta, com reforço a cada dez anos; dose anual contra a influenza (gripe) a partir dos 55 anos,

    A partir de 60 anos: 3 doses contra a Hepatite B, dose única contra a Febre Amarela, ambas a depender da situação vacinal anterior; reforço da pneumocócica 23V, Dupla Adulta, com reforço a cada dez anos; além disso, uma dose anual contra a Influenza (gripe),

    Para gestantes: 3 doses contra Hepatite B, 3 doses da Dupla Adulta, ambas a depender da situação vacinal anterior; uma dose a cada gestação, a partir da 20ª semana de gravidez, da dTpa; além disso, uma dose anual da vacina contra a Influenza (gripe).

    A maior parte dessas vacinas são aplicadas ao longo de todo o ano, gratuitamente, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do SUS. Algumas são distribuídas gratuitamente apenas em campanhas, como é o caso da vacina contra a gripe.

    Portanto, se você ainda não está com sua carteira de vacinação em dia, dirija-se o quanto antes à UBS mais próxima de sua residência em Santo André a fim de receber as vacinas faltantes.

    Principais campanhas de vacinação Santo André 2020

    santo andré vacinação

    Embora nada ainda tenha sido oficialmente divulgado pela Secretaria de Saúde do Município, espera-se que as seguintes campanhas de vacinação aconteçam este ano na cidade de Santo André em 2020:

    ☑️ Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo (em Santo André, diversas campanhas são realizadas ao longo do ano, para faixas etárias diferentes),

    ☑️ Gripe (entre abril e maio, época de maior incidência do vírus),

    ☑️ Febre amarela (geralmente, apenas em períodos e regiões com surto da doença; em 2018 e 2019, as campanhas aconteceram em Santo André principalmente no início do ano),

    ☑️ Poliomielite (em agosto).

    Grupos prioritários Santo André 2020

    Cada vacina tem seu próprio grupo prioritário, ou seja, algumas categorias de indivíduos que possuem prioridade na hora de tomar determinada vacina, sendo difícil, portanto definir um só grupo para todas as vacinas.

    campanha vacinação santo andré

    Porém, alguns grupos tendem a aparecer mais nos grupos prioritários das principais vacinas, uma vez que estão mais suscetíveis a contrair determinadas doenças. São eles:

    📌 Idosos, acima de 55 anos,

    📌 Crianças entre 6 meses e 6 anos,

    📌 Grávidas,

    📌 Puérperas (mulheres que deram à luz há pouco tempo),

    📌 Professores das redes privada e pública,

    📌 Pessoas que trabalham na área da saúde,

    📌 Índios,

    📌 Adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos e que estejam sob medida socioeducativa,

    📌 Indivíduos em regime fechado (presos), bem como os profissionais do sistema prisional,

    📌 Portadores de doenças crônicas,

    📌 Todos os indivíduos em situação ou área de risco.

    Se você faz parte de um dos grupos mencionados acima, é possível que você tenha prioridade na hora de tomar as principais vacinas.

    Convém ficar atento às campanhas de vacinação na cidade de Santo André.

    Contraindicações das vacinas

    Por outro lado, algumas vacinas são contraindicadas para alguns grupos. As principais contraindicações são para os seguintes indivíduos:

    Crianças com menos de 6 meses de vida,

    Pessoas que tenham tido reações negativas a doses anteriores de vacina,

    Pessoas com alergia ao ovo e seus derivados (especialmente para as vacinas contra a gripe e febre amarela).

    Locais para vacinação Santo André 2020

    vacinação santo andré 2020

    Para tomar gratuitamente as vacinas, basta dirigir-se à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima à sua residência, com a documentação exigida. A vacina é aplicada geralmente no mesmo dia.

    Para conferir os endereços e contatos das UBSs de Santo André, acesse este link, contendo informações a respeito de todas elas.

    A maior parte das vacinas mencionadas no tópico a respeito do Calendário Nacional de Vacinação são aplicadas ao longo de todo o ano. Algumas, porém, são aplicadas apenas nas campanhas de vacinação, sendo a primeira fase delas geralmente dedicadas aos grupos prioritários.

    Quando as campanhas são abertas a toda a população, as doses são bastante limitadas: assim, não perca tempo e tome o quanto antes as vacinas disponíveis em Santo André.

    Documentação para vacinação

    Primeiramente, caso você ainda não seja cadastrado na UBS, será preciso realizar o cadastramento. Para isso, os seguintes documentos são exigidos:

    ✔️ Documento de identificação com foto (ou certidão de nascimento, para crianças sem demais documentação),

    ✔️ Comprovante de residência (ex: conta de água, luz, telefone etc.).

    Já para tomar a vacina, será preciso levar os seguintes documentos:

    Documentos✔️ Documento de identificação com foto (ou certidão de nascimento, para crianças sem outros documentos),

    ✔️ Carteira de vacinação,

    ✔️ Cartão do SUS (opcional).

    Para comprovar que você faz parte dos chamados grupos especiais, alguns documentos à parte são exigidos:

    ✔️ Prescrição médica, especificando a razão da indicação da vacina (para pessoas com doenças crônicas ou com outras condições clínicas),

    ✔️ Certidão de nascimento do bebê, cartão-gestante ou documento do hospital em que ocorreu o parto (para puérperas),

    ✔️ Contracheque ou crachá (para profissionais como professores, agentes penitenciários e trabalhadoras da saúde).

    Se vacinar é uma forma de se cuidar e garantir um futuro melhor para si mesmo (a). Não perca tempo e se informe sobre o seu caso e vacine-se já!

  • Vacina da Febre Amarela Belém 2020: Quando e onde tomar

    A febre amarela é uma doença séria, infecciosa causa por um vírus transmitido pela picada de mosquitos. A única maneira de prevenir é através da vacina contra febre amarela. De alguns anos para cá, vários casos surgiram e com uma velocidade alarmante. Mesmo a vacina fazendo parte do calendário de vacinação. Veja detalhes sobre a […]

    VEJA +
  • Vacina da Influenza Recife 2020 – Quando e onde tomar?

    A vacina ainda é a melhor maneira de proteger você e sua família contra diversas doenças, muitas das quais não têm cura. Por isso, é importante manter a sua vacinação em dia. Uma das doenças mais comuns no Brasil é a Influenza, ou a gripe como chamamos popularmente. Por conta disso, a Secretaria da Saúde […]

    VEJA +
  • Campanha de Vacinação Aracaju 2020 – Quando e onde tomar?

    A vacinação é a principal forma de se proteger contra diversas doenças que podem levar a sérias complicações. Por ser uma maneira de prevenção segura, a vacinação precisa ser incentivada e é um direito do cidadão receber. O Ministério da Saúde possui um Calendário Nacional de Vacinação, no qual determina todas as vacinas que devem […]

    VEJA +
  • Calendário de vacinação Jaboatão dos Guararapes 2020 – Informações

    O Ministério da Saúde é o órgão responsável por garantir que a população consiga ter acesso à saúde e, dentro disso, ter também o direito a vacinação. A vacina é a melhor forma de se prevenir contra diversas doenças, sendo também uma estratégia eficaz e segura de erradicar doenças que podem levar a sérias complicações, […]

    VEJA +
  • Vacinação Salvador 2020 – Quando e onde tomar

    Anualmente a Secretaria da Saúde disponibiliza para todos os brasileiros um calendário de vacinação. As vacinas são distribuídas gratuitamente para quem faz parte do grupo de prioridade de cada campanha. Cada campanha é destinada para um grupo específico de pessoas, com o intuito de imunizar contra um vírus, prevenir doenças e epidemias, como é o […]

    VEJA +
  • Campanha de vacinação Brasília 2020- Quando e onde tomar

    O Brasil já conseguiu erradicar algumas doenças fatais através de campanhas de vacinação. Essas campanhas são criadas com o intuito de prevenir doenças e epidemias, para isso, oferece para a população que faz parte do grupo de risco vacinas que criam anticorpos contra determinados vírus, com é o caso da campanha de vacinação contra a […]

    VEJA +
  • Campanha de vacinação Sorocaba 2020- Gripe e Sarampo

    O Ministério da Saúde, anualmente, fornece vacinas para a população brasileira com o intuito de imunizar o maior número de pessoas contra doenças. As campanhas de vacinação Sorocaba 2020 são realizadas para diminuir o risco de epidemias. Ou seja, a vacina é usada para prevenção. Já tem um calendário disponível das campanhas de vacinação, que […]

    VEJA +
  • Vacina da Poliomielite São Paulo 2020 – Quando e onde tomar

    A poliomielite – conhecida também como pólio ou paralisia infantil – é caracterizada como uma doença contagiosa aguda, muito grave, provocada pelo poliovírus, que afeta o sistema nervoso e pode causar imobilidade irreversível dos membros do corpo. A imunização, que se dá através da Vacina da Poliomielite, é a principal maneira de evitar a doença. […]

    VEJA +
  • Vacina da Poliomielite Salvador em 2020 – Quando e onde tomar

    A Poliomielite, ou “Pólio” ou “Paralisia Infantil”, é uma doença contagiosa que pode afetar desde crianças até adultos. Conhecida especialmente por causar a paralisia dos membros inferiores em casos graves, a única forma de prevenção da doença é a vacina, que é aplicada durante todo o ano em Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou em […]

    VEJA +
WebGo Content