Vacina da gripe Belo Horizonte 2020: Data, local, contraindicações, documentação e mais

Uma doença que pode acometer pessoas de quaisquer lugares do mundo, a gripe é conhecida por ser infecciosa e repassada facilmente para as pessoas que estão ao redor da pessoa ou animal cadastrado. Sim, a doença pode atingir animais também.

Os sintomas da doença são clássicos e quase sempre facilmente identificados: tosse constante, espirros a todo o momento, dores de cabeça, cansaço em excesso e também calafrios. Se você está começando a sentir algum desses efeitos no seu corpo, é o momento de começar a procurar tratamento.

Outra forma fácil e simples de se prevenir da doença é por meio da vacina da mesma, feita anualmente em todas as cidades e municípios do Brasil, isso sem contar que é totalmente de graça para alguns públicos específicos. Veja mais informações abaixo sobre a vacinação no Belo Horizonte e fique por dentro.

Como é a vacina da gripe?

Vacina da gripe Belo Horizonte 2020: Data, local, contraindicações, documentação e mais

Ela é disponibilizada gratuitamente pelo Ministério da Saúde para alguns grupos vistos como prioritários. Vale lembrar que a aplicação da vacina não costuma doer nada, é rápida e não gera efeitos colaterais no organismo.

Os grupos que possuem essa prioridade são:

  • Idosos com mais de 60 anos;
  • Crianças que tem entre 6 meses de idade até 6 anos incompletos;
  • Mulheres gestantes;
  • Mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias;
  • Trabalhadores da área de saúde;
  • Professor da escola pública e privada;
  • Povos indígenas;
  • Pessoas que tem doenças crônicas e outras condições clínicas mais graves;
  • Jovens e adolescentes que tem entre 12 até 21 anos sob medidas socioeducativas;
  • Cárceres;
  • Funcionários que trabalham e atendem o sistema prisional.

As doenças crônicas que se enquadram no quadro de prioridade para se receber a vacina são:

  • Doenças crônicas como asma, DPOC, fibrose cística e outras;
  • Doenças cardíacas crônicas como a hipertensão ou a insuficiência cardíaca;
  • Doenças neurológica como o AVC, paralisia cerebral e outras;
  • Doenças hepáticas crônicas como aquelas em que a pessoa precisa fazer diálise ou síndrome nefrótica;
  • Diabetes;
  • Obesidade;
  • Imunossupressão: caso se tenha o sistema imunológico abalado por doenças ou medicamentos específicos;
  • Pessoas que tem síndrome de down, de klinefelter ou de wakany;
  • Pessoas que passaram por transplantes de órgãos sólidos ou de medula óssea.

Datas e locais de vacinação: fique atento

A campanha de vacinação em Belo Horizonte costuma acontecer entre o mês de abril até o mês de maio, porém, não se há plena certeza para o ano de 2020, visto que ainda não foram confirmadas as datas. Dessa forma, é preciso ficar atento as datas e quando o seu grupo de risco estará apto a ser vacinado.

Ela geralmente acontece entre a segunda-feira até sexta-feira nos horários de funcionamentos dos postinhos de saúde, porém, é preciso sempre averiguar de acordo com o local de vacinação desejado. As datas são divididas nos dias de grupos prioritários, desse modo, fique de olho naquele correspondente ao que você se encaixa.

É costume que exista alguns dias de sábado conhecidos como um mutirão de vacinação, principalmente para as pessoas dos grupos de risco que não possuem tempo ou disponibilidade para item até os postinhos durante a semana.

Veja como tomar a vacina da gripe em outras cidades:

Não sou do grupo prioritário: como faço?

Vacina da gripe Belo Horizonte 2020: Data, local, contraindicações, documentação e mais

As doses são disponibilizadas pelo sistema público de saúde para as pessoas que estão no grupo prioritário, como já explicado antes. Caso você não esteja incluído nesse grupo e tenha a intenção de tomar a vacina, é preciso procurar pelas doses em clínicas privadas.

As vacinas costumam custar entre 100 até 200 reais, sendo que essa versão aplicada é a quadrivalente, que protege de todos os tipos existentes da influenza. Ela poderá ser disponibilizada no SUS, porém ainda não há previsão de quando começará a ser comercializada.

Quem não pode tomar?

Há que diga que não existem contraindicações da doença, porém, as mais comuns são:

  • Crianças que tem menos de 6 meses;
  • Pessoas que já tiveram reações nas doses anteriores;
  • Quem possui alergia ao ovo de galinha e também seus derivados.

Preciso levar qual documento?

Vacina da gripe Belo Horizonte 2020: Data, local, contraindicações, documentação e mais

Está no grupo prioritário, precisa se vacinar, porém não sabe quais são os documentos necessários levar? Veja abaixo a lista completa de acordo com o seu grupo:

  • Pessoas com condições especiais precisam levar a carteira de vacinação e documento de identificação com foto;
  • Pessoas que tem doenças crônicas ou condições clínicas diferenciais precisam da prescrição médica e da especificação do porquê devem tomar a vacina;
  • Para quem está cadastrado no controle de doenças do SUS, é necessário ir até o local de registro e assim receber a dose;
  • Mulheres grávidas ou que recém ganharam o bebê, devem levar a certidão de nascimento do bebê, cartão gestante e também documento do hospital em que o parto aconteceu;
  • Profissionais do sistema público e trabalhadores da saúde precisam levar apenas o contracheque ou o crachá.

Marcela Mazetto

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content