Vacina da gripe Natal 2020 → Como tomar, Quem pode e Documentos

A vacina da gripe é distribuída em todo território brasileiro anualmente. Ela é feita para proteger e diminuir os casos de morte devido à complicações dessa doença viral. A vacina da gripe Natal 2020 seguirá o mesmo calendário e as regras de outras localidades.

Podem ser vacinadas as pessoas que fazem parte do grupo prioritário, dentro do calendário da campanha. Após esse período, o restante das vacinas, se houver, serão liberadas para as demais pessoas. Saiba tudo sobre a vacina da gripe Natal 2020:

Como funciona a vacina da gripe

A vacina da gripe distribuída pelo Ministério da Saúde é trivalente, isto significa que imuniza contra os três principais tipos de vírus e seus subtipos. Como o vírus passa por transformações, anualmente a vacina da gripe é alterada para melhorar sua eficácia no organismo.

Vacina da gripe Natal 2020 → Como tomar, Quem pode e Documentos

Para fazer efeito, a vacina leva em torno de duas semanas. Por esse motivo a campanha de vacinação contra gripe começa meses antes do inverno, período com maior incidência da doença. Até que ela faça efeito, a pessoa poderá ficar doente.

O funcionamento dela é bem simples. A vacina da gripe possui o próprio vírus inativo da doença. Ao injetá-lo, o organismo começa a produzir anticorpos contra ele.

Quem pode tomar a vacina da gripe Natal 2020

A campanha de vacina da gripe Natal 2020 prioriza as pessoas que fazem parte do grupo prioritário. Faz parte desse grupo:

  • Pessoas com mais de 60 anos;
  • Gestantes;
  • Puérperas (mulheres que deram a luz no últimos 45 dias);
  • Crianças entre 6 meses e 6 anos incompletos;
  • Funcionários da área da saúde;
  • Professoras (rede pública ou privada);
  • Indígenas;
  • Funcionários do sistema prisional;
  • Jovens entre 12 e 21 anos sob medida socioeducativas;
  • Cárceres;
  • Pacientes com doenças crônicas e outras condições clínicas:
    • Doenças respiratórias crônicas;
    • Doenças cardíacas crônicas;
    • Doenças neurológicas crônicas;
    • Doenças hepáticas crônicas;
    • Diabetes;
    • Obesidade;
    • Imunossupressão;
    • Trissomias;
    • Transplantados (órgãos sólidos ou medula).

Datas e locais de vacinação

A campanha de vacina da gripe Natal 2020 ainda não tem data de início e fim. Contudo, geralmente acontece entre os meses de abril e maio. Após o fim da campanha, as vacinas restantes (se houver) são liberadas para o restante da população.

Os locais de vacinação são os postos de saúde e na UPA. Dentro do período da campanha, o posto poderá realizar um sábado de vacinação. Fique atento as datas disponibilizadas pela instituição.

Não estou no grupo prioritário, posso tomar a vacina da gripe?

A princípio, a campanha de vacina da gripe 2020 é exclusivamente para as pessoas do grupo prioritário. Se você não faz parte desse grupo, há duas possibilidades:

  • Tomar a vacina no particular;
  • Aguardar o fim da campanha de vacina.

No particular, a vacina da gripe é a quadrivalente, protege contra os mesmos vírus da vacina oferecida pelo Ministério da Saúde e mais um tipo, que não é tão comum no Brasil. O valor varia de acordo com a região e a clínica, custando entre R$100,00 e R$200,00.

Ao final do mês de maio e começo de junho, período logo após o final da campanha da vacinação para o grupo prioritário, as vacinas restantes são liberadas para o restante da população. Contudo, quando essas vacinas acabarem, não haverá reposição. Neste caso, a única maneira de vacinar será no particular.

Contraindicações

A vacina da gripe é contraindicada para pessoas que tenham alergia aos componentes da fórmula, ovo de galinha e seus derivados. E para pessoas que tiveram algum tipo de reação ao tomar as doses anteriores da vacina.

Também é contraindicada para recém-nascidos até o 6º mês de vida. E, a partir do 6º mês o bebê já pode tomar a vacina, contudo, a primeira dose é dividida em duas, sendo a segunda aplicada 30 dias após a primeira.

Quais documentos levar para tomar a vacina?

Para tomar a vacina da gripe, é necessário levar o documento de identificação, carteira de vacinação e um documento que comprove que você faz parte do grupo prioritário.

Esses documentos são:

  • Certidão de nascimento (para crianças e puérperas);
  • Cartão do pré-natal (gestantes);
  • Prescrição médica, no caso de pacientes com doenças crônicas;
  • Crachá ou contracheque (para funcionários).

Se você tem cadastro no controle de doenças crônicas do SUS, basta ir até o postinho onde você tem registro para tomar a vacina da gripe Natal 2020.

A vacina da gripe é uma excelente alternativa para imunizar contra o vírus, protegendo a vida. A dose é válida por um ano e deve estar em dia.

Marcela Mazetto

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content