Vacina da gripe Recife 2020 → Como tomar, Quem pode e Documentos

A gripe está entre uma das doenças mais comuns no mundo e também figura na lista de principais causas de morte, sobretudo em bebês e idosos com idade mais avançada.

O melhor modo de evitar entrar para essa triste estatística é se vacinar anualmente contra a gripe. Todo ano, o governo federal faz uma campanha massiva de vacinação em Recife e em 2020 não será diferente.

Confira, aqui, informações sobre a vacinação contra a gripe Recife 2020 e aproveite para tomá-la no prazo e evitar a contaminação pela doença!

Como funciona a vacina da gripe

O Ministério da Saúde disponibiliza anualmente a vacina da gripe à população, que pode tomá-la gratuitamente na rede pública de saúde. Embora possa ser tomada por todos, o governo estabelece um grupo prioritário.

Esse grupo existe porque é considerado de risco, ou seja, o que tem maior chance de ser vítima de gripe e ter consequências mais graves. Ele é formado por bebês e idosos, principalmente.

Bebês tomam a vacina dividida em duas doses, sendo a segunda 30 dias depois da primeira. Já adultos e idosos tomam somente uma dose, a chamada completa.

A vacina é gratuita na rede pública de saúde e garante imunização contra três tipos de vírus (H1N1, H3N2 e Influenza B), reduzindo drasticamente a possibilidade de contrair a gripe.

Qual o grupo prioritário da vacina da gripe?

A vacina da gripe Recife 2020 deve ser tomada obrigatoriamente pelo grupo prioritário, que é composto pelas seguintes pessoas:

  • Crianças de 6 meses a 6 anos incompletos;
  • Idosos a partir de 60 anos;
  • Gestante;
  • Portadores de doenças crônicas;
  • Puérperas de até 45 dias;
  • Detentos;
  • Funcionários da rede prisional;
  • Indígenas;
  • Professores do ensino básico e superior público e privado;
  • Profissionais da área da saúde;
  • Adolescentes e jovens entre 12 a 21 anos de idade que estão sob medidas socioeducativas.

No caso específico de portadores de doenças crônicas, encaixam-se pessoas que foram diagnosticadas com as seguintes enfermidades:

  • Doenças cardíacas (insuficiência, hipertensão, entre outras);
  • Doenças respiratórias (asma, fibrose cística e outras);
  • Doenças neurológicas (paralisia cerebral e outras);
  • Doenças hepáticas (quem faz diálise, por exemplo);
  • Obesidade;
  • Diabetes;
  • Imunossupressão;
  • Transplantados.

Quem não deve tomar a vacina da gripe

  • Pessoas com reações anafiláticas ou alérgicas aos componentes da fórmula, como o ovo;
  • Bebês com menos de 6 meses;
  • Quem já tomou em anos anteriores e apresentou reações adversas.

Requisitos para tomar vacina da gripe

Recomenda-se que a pessoa esteja com a saúde em dia. Se estiver com febre baixa, não há problemas. Caso a febre seja alta, o melhor é esperar que esse problema se resolva para depois tomar a vacina.

Se estiver fazendo um tratamento com uso de medicamentos, converse com seu médico para saber se não há problemas em tomar a vacina. Mas, de modo geral, a interação medicamentosa não é um problema.

Veja como tomar a vacina da gripe em outras cidades:

Documentos para levar no dia

Quando for tomar a vacina da gripe Recife 2020 recomenda-se levar alguns documentos consigo, para agilizar o processo de imunização e registro da administração. São eles:

  • Documento pessoal e de identificação, como a carteira de identidade;
  • Carteira de vacinação;
  • Documento que comprove a situação da pessoa, como doença crônica e puérpera (laudo médico), gestante (cartão do pré-natal) servidores públicos e professores (holerite ou crachá da empresa / órgão).

Datas e locais da vacinação contra a gripe Recife 2020

A campanha de vacinação contra a gripe Recife 2020 acontece de abril a maio, quando pessoas do grupo prioritário são imunizadas gratuitamente em uma das mais de 170 unidades de saúde da família da cidade.

As chamadas “Upinhas” e unidades básicas tradicionais e policlínicas também receberão e administrarão a vacina no público-alvo durante o período da campanha.

No Dia D, considerado um dos principais da campanha, haverá profissionais da saúde em pontos estratégicos de Recife para aplicar a vacina em quem estiver de passagem.

Efeitos colaterais da vacina da gripe

Se o medo de efeitos colaterais da vacina da gripe lhe impede de tomá-la, a notícia é boa: ela raramente gera reações adversas. O vírus da vacina é inativo, o que significa que ela não dá gripe.

Em caso de efeito colateral, a pessoa pode apresentar sintomas como dor e vermelhidão no local da aplicação, leve mal-estar e febre (todos passam em poucos dias).

Rafaela Trevisan Cortes

Rafaela Trevisan Cortes, jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content