Vacina da Gripe em São Paulo 2020 – Onde tomar e Data das campanhas de vacinação

A vacina da gripe do estado de São Paulo em 2020 vai seguir diretrizes diferentes. A partir desse ano as doses das campanhas serão dadas para pacientes a partir de 55 anos. Entretanto, também devem tomar crianças de 6 meses a 5 anos e gestantes.

Para saber se você faz parte do grupo de prioridade e quando deve ir até o posto de saúde tomar a dose confira aqui o calendário completo da campanha de vacinação de 2020 para o Estado de São Paulo.

Quem pode tomar a vacina da gripe?

A vacina é aplicada em crianças até idosos em diferentes etapas, desse modo, é preciso saber quais são os documentos e instruções para tomar a sua. Veja quais são os grupos prioritários que precisam tomar a vacina com prioridade:

  • Idosos com mais de 60 anos;
  • Crianças que tem entre 6 meses de idade até 6 anos incompletos;
  • Gestantes;
  • Mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias;
  • Trabalhadores da área da saúde;
  • Professores de escolas públicas e privadas;
  • Indígenas;
  • Pessoas que tem doenças crônicas e outras condições clínicas;
  • Jovens e adolescentes que tem entre 12 até 21 anos que estão sob medidas socioeducativas;
  • Cárceres;
  • Funcionários que atendem o sistema prisional.

Pessoas que tenham alguma das doenças crônicas ditas abaixo também têm prioridade para receber a vacina, como:

  • Doenças respiratórias crônicas como asma, DPOC, fibrose cística e outras;
  • Doenças cardíacas crônicas como hipertensão ou insuficiência cardíaca;
  • Doenças neurológicas crônicas como AVC, paralisia cerebral e outras;
  • Doenças hepáticas crônicas como quem tem que fazer diálise ou tem síndrome nefrótica;
  • Diabetes;
  • Obesidade;
  • Imunossupressão – quem tem o sistema imunológico abalado por alguma doença ou medicamentos específicos;
  • Trissomias, quem tem síndrome de down, de klinefelter ou de wakany;
  • Pessoas que passaram por transplantes, seja de órgãos sólidos ou de medula óssea.

Em 2018 a Anvisa aprovou a versão da vacina específica para pessoas que tem mais de 65 anos, sendo que sua eficácia é maior em até 24% do que a tradicional. Em 2020 será o primeiro ano de comercialização dessa versão, chamada de Fluzone Sênior.

A vacina para os idosos possuem uma composição maior devido a maior fragilidade do sistema imunológica. Entretanto, não significa que deve ter menor regularidade, portanto, continua ser indicada anualmente entre os idosos.

Para além do grupo prioritário a Secretaria de Saúde do Estado também faz um apelo aos policiais e funcionários do Corpo de Bombeiros e Forças armadas, visto que 24,5% da categoria está imunizada.

Já em relação aos servidores públicos da Prefeitura de São Paulo, 69,7% de todo o público-alvo da campanha já se vacinou.

Datas da campanha de vacinação de São Paulo

Vacina da gripe São Paulo 2020: Data, local, contraindicações, documentação e mais

A campanha da vacinação de 2020 será antecipada que acontecerá a partir do primeiro dia de março, um mês antes do padrão. A vacina poderá ser tomada até o último dia de maio.

A imunização foi adiantada por conta do surto do coronavírus, doença que tem sintomas semelhantes ao da gripe. Sendo assim, a antecipação da imunização pode ajudar a descartar novos casos suspeitos.

Onde tomar a vacina da gripe em SP

Para descobrir qual é o local mais próximo de vacinação em sua casa basta conferir o aplicativo Busca Saúde, da Prefeitura de São Paulo. Clique no botão, abaixo, para fazer a consulta:

Para usar o sistema basta selecionar a opção “vacinação” no canto direito da tela e esperar pelos pontos com doses disponíveis.

Não faço parte do grupo prioritário – preciso tomar?

As primeiras doses são disponíveis para as pessoas que estão dentro dos grupos prioritários, então, se você não está dentro dos grupos, é necessário comprar a sua vacina na rede privada, na qual possui um custo médio que varia de R$ 100,00 a R$ 200,00 dependendo do plano de saúde ou da instituição escolhida.

Vale lembrar que essa vacina que é disponibilizada na rede privada é conhecida por ser quadrivalente, protegendo de todos os tipos de influenza existentes.

recomendação vacina da gripe

Veja como tomar a vacina da gripe em outras cidades:

Contraindicações da vacina – Quem não deve tomar?

 

  • Crianças com menos de 6 meses;
  • Pessoas que tenham tido reação as doses anteriores;
  • Quem tem alergia a ovo de galinha e os seus derivados.

Documentos necessários para a vacinação

  • Pessoas que tem condições especiais tem que levar a carteira de vacinação e documento com identificação de foto;
  • Pessoas que possuem doenças crônicas ou condições clínicas especiais precisam ter a prescrição médica, especificando porque precisam tomar essa vacina;
  • Pacientes que estão cadastrados no controle de doenças crônicas do SUS devem ir até o local de registro para receber a dose sem prescrição médica;
  • Mulheres grávidas ou que ganharam bebê recentemente tem que levar certidão de nascimento do bebê, além do cartão-gestante e o documento do hospital em que o parto aconteceu;
  • Profissionais do público como professores e trabalhadores de saúde tem que levar o contracheque ou crachá.

Como funciona a Vacina da Gripe

A vacina contra gripe tem uma composição que varia ano a ano de acordo com atualização dos vírus. Conforme informações da Organização Mundial da Saúde a versão de 2020 da vacina contém antígenos para o vírus da Influenza A H1N1, Influenza H3N2 e Influenza B.

Segue, abaixo, a composição indicada para 2020:

composição da vacina da gripe

Mesmo tendo a vacina da gripe disponibilizada em 2019 registrou-se 796 óbitos de pessoas infectadas pelo vírus H1N1.

Marcela Mazetto

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content