Vacina da Poliomielite Fortaleza 2020: Prioridades, Doses e + Informações

Após os registros de poliomielite no Afeganistão, Paquistão e nas Filipinas em 2019, o Brasil declarou a necessidade de realizar campanhas de vacinação contra a doença como medida de emergência.

poliomielite vacina

Para isso, o Ministério da Saúde distribui gratuitamente vacinas contra a poliomielite em todas as cidades brasileiras, incluindo em Fortaleza.

O último surto de poliomielite no Brasil ocorreu entre 1968 e 1980, quando mais de 26 mil pessoas apresentaram a doença.

Para controlar o surto, o Ministério da Saúde organizou grandes campanhas de vacinação nacionais. O resultado foi bom e o último registro da poliomielite no país foi em 1989.

A vacinação é a melhor forma de prevenção contra doenças, incluindo contra a poliomielite, que não tem cura.  Assim, é fundamental que a população participe das campanhas de vacinação contra a Poliomielite em Fortaleza para 2020. Confira mais informações abaixo.

Como funciona a vacina da poliomielite?

Há dois tipos de vacina contra a poliomielite, a oral e a inativada, que é aplicada via intramuscular.

✔️ Vacina Oral Poliomielite (VOP): é uma vacina do tipo atenuada bivalente. Isso significa que ela contém os vírus do tipo 1 e 3 vivos, mas  “enfraquecidos”,

✔️ Vacina Inativada Poliomielite (VIP): é uma vacina trivalente injetável. A VIP não é capaz de causar a doença, pois o vírus está na forma inativada. Essa vacina contém partículas dos vírus da pólio tipos 1, 2 e 3.

Doses

vacina da poliomielite

Dependendo do tipo de vacina utilizada para imunização, a quantidade e a idade na qual as doses devem ser tomadas variam:

Vacina Inativada Poliomielite (VIP)

☑️ 2 meses,

☑️ 4 meses,

☑️ 6 meses,

☑️ 15 meses,

☑️ 18 meses,

☑️ 5 anos.

vacinação polio fortaleza 2020

Vacina Oral Poliomielite (VOP)

☑️ 15 meses,

☑️ 4 anos.

Calendário das principais vacinas Fortaleza 2020

A maior parte das vacinas é recebida enquanto bebês. Isso porque é o momento em que a imunidade está sendo construída.

As vacinas que devem ser recebidas entre os 6 meses e os 10 anos de idade são:

📌 BCG ID,

📌 Hepatite B,

📌 Rotavírus,

📌 Tríplice bacteriana,

📌 Poliomielite,

polio vacinação fortaleza 2020

📌 Influenza,

📌 Tríplice viral,

📌 Febre amarela,

📌 Varicela,

📌 Hepatite A,

📌 HPV,

📌 Pneumocócica 23 valente,

📌 Haemophilus influenzae tipo B,

📌 Pneumocócicas conjugadas,

📌 Meningocócicas conjugadas,

📌 Meningocócica B.

Dessas vacinas somente a vacina contra a poliomielite é composta por apenas uma dose. As outras requerem uma ou mais doses ao longo da vida, após os 11 anos.

Indicações e contraindicações

vacinaçãoO grupo prioritário para receber a vacina contra a Poliomielite em 2020 são crianças recém-nascidas até os 5 anos de idade.

Cada um desses tipos de vacina contra a Poliomielite (VOP ou VIP) deve ser evitado por determinados grupos.

A VOP não é recomendada para mulheres grávidas e pessoas do seu círculo social, pessoas que tiveram reações anafiláticas após o contato com algum componente da vacina, e por pessoas que desenvolveram a pólio vacinal.

Já a vacina do tipo VIP deve ser evitada porque tiveram reações anafiláticas após receber uma dose anterior da vacina ou a algum de seus componentes.

Documentos, datas e locais

poliomielite não tem cura

Para receber a vacina da poliomielite em Fortaleza em 2020 é necessário levar a carteira de vacinação.

Além disso, os pais ou responsáveis devem levar a certidão de nascimento ou documento de identidade da criança.

Até o momento, a Secretaria da Saúde de Fortaleza ainda não informou as datas e locais das campanhas de vacinação contra a poliomielite em 2020.

Em geral, as campanhas acontecem nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), mas também nos terminais rodoviários, praças, shoppings, supermercados, postos de saúde e outros espaços públicos.

Vacina oral ou vacina injetável?

Há algum tempo tem se pensado em voltar a usar a vacina oral contra a poliomielite, que caiu em desuso desde 2011.dúvida icon

Essas gotinhas se tornaram o símbolo das primeiras campanhas contra a poliomielite no país.

Ela é composta pelo vírus atenuado e, apesar de suas vantagens, tem maior possibilidade de causar a pólio vacinal.

No entanto, por ser líquida, parte da imunização é liberada nas fezes e urinas das crianças, gerando o efeito chamado “proteção rebanho”, onde o vírus atenuado é espalhado no ambiente em locais onde o saneamento básico não é bom.

Esse efeito seria uma proteção extra nos mais de 300 municípios brasileiros onde a cobertura vacinal é baixa.

Patrícia Fischer

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content